Os Dispositivos de Avanço Mandibular usados pelo mĂ©dico dentista na abordagem da Roncopatia e SAOS tĂȘm sido amplamente relacionados com alguns efeitos adversos (muitas vezes com pouca evidĂȘncia cientĂ­fica ou clareza metodolĂłgica) ao nĂ­vel da musculatura orofacial e da Articulação Temporomandibular. Se atentarmos aos RCTÂŽs publicados talvez esta associação nĂŁo seja tĂŁo clara.

Em todo o caso, o conhecimento adequado das DisfunçÔes Temporomandibulares e uma correta avaliação prévia do paciente antes da introdução do DAM poderão ajudar a minimizar estes efeitos adversos.

Dr. Julio Fonseca

MĂ©dico dentista, Coimbra – Portugal

MĂ©dico Dentista (FMUC), PĂłs-Graduado em Reabilitação Oral ProtĂ©tica, Mestre em Patologia Experimental (FMUC) com tese na ĂĄrea do Bruxismo, Doutoramento em CiĂȘncias da SaĂșde (FMUC) com tese na ĂĄrea das DTM

 

CV COMPLETO DO DR. FONSECA

Dr. Gabriela Videira

MĂ©dico dentista, Lisboa – Portugal

Licenciada em Medicina Dentåria pelo ISCS-SUL. DEA-Diploma en Estudos avançados pela Universidade Complutense de Madrid. Especialista em Periodontologia pela Ordem dos Médicos Dentistas

 

CV COMPLETO DO DR. VIDEIRA